domingo, 18 de março de 2012

domingo, 4 de março de 2012

MISTOS EM UPANEMA

O misto é um transporte que a geração de trinta anos pra trás não conseguiu ver.

É uma daquelas palavras da nossa língua que perderam o sentido, quando se refere a transporte, a não ser na aviação ou ferrovia.

Foi o que constaramos ao pesquisarmos na internet:

1. Diz-se do trem que transporta carga e passageiros. 2.Diz-se do avião de passageiros que também transporta cargas.

Em nenhum dos dois significados se referem ao transporte a que faço alusão (v. foto)

Não sou tão velho assim para que tenha dele feito uso, mas não tão novo para que não tenha tido dele conhecimento. 

Cheguei a vê-lo, porém nunca tive o privilégio de fazer dele uso.

Em Upanema, Manezinho Lopes e Manoel Delmiro são exemplos de pessoas que faziam a linha até Mossoró nas décadas de 50 e 70. Essa é a informação que me vem à mente. 

Hoje não temos mais misto, mas temos a história viva. Ela está registrada no livro "Upanema de povoado a vila", do professor Josafá Inácio da Costa.

(Algumas informações acima e a foto do misto foram extraídas do livro acima mencionado)


LUA, LUA